Como criar uma ficção/personagem/cenário usando o método Hollywood

A partir da reflexão sobre o seguinte Tweet, escrito pelo Marcelo Naranjo, resolvi publicar esta impressão despretensiosa em forma de guia maroto.

Parafraseando o Marcelo: “imagina um roteiro aleatório!”.

Ele se referia à série Warrior Nun, novidade da Netflix, indagando sobre como os roteiristas e criadores em geral de ficção “criavam” suas invencionices para nós, consumidores ávidos por… bem, digamos que não por originalidades, mesmo porque isso é algo questionável, mas por ideias bem-boladas. Ainda que sejam de gosto duvidoso.

80

Como os roteiristas criam essas mídias? Por mídia, entendamos todos: série, filme, HQ, desenho animado, jogo eletrônico, personagem, background. De acordo? Aí vai minha participação na brincadeira:

Tristan Tzara escreveu, em 1920, “Receita para um poema dadaísta”, reproduzido aqui:

Receita para fazer um poema Dadaísta
Tristan Tzara
Pegue um jornal.
Pegue uma tesoura.
Escolha no jornal um artigo com o comprimento que pensa dar ao seu poema.
Recorte o artigo.
Depois, recorte cuidadosamente todas as palavras que formam o artigo e meta-as num saco.
Agite suavemente.
Seguidamente, tire os recortes um por um.
Copie conscienciosamente pela ordem em que saem do saco.
O poema será parecido consigo.
E pronto: será um escritor infinitamente original e duma adorável sensibilidade, embora incompreendido pelo vulgo.

Tá, beleza. O que isso tem a ver? 
É o seguinte: esse texto injuntivo de Tristan Tzara simplesmente deu de bandeja a pedra angular para que todo e qualquer roteirista pudesse transformar palavras aleatórias em quaisquer mídias (filme, HQ, desenho, personagem…) e, consequentemente, tirar de um rascunho de papel inúmeros produtos de consumo em massa. É óbvio que o trabalho cerebral, o suor e a transpiração metaforizadas dos dias e noites de escrita pura ainda são necessárias e obrigatórias. Porém, é fato que é bem mais fácil e simples escrever com as associações de ideias nascidas a partir de uma semente retirada de um dicionário. E isso não ocorreu apenas nos E.U.A. Roteiristas do mundo inteiro logo sacaram o pulo do gato e resolveram usá-lo em produções nos cinemas chineses, italianos, japoneses etc. Não acredita? Vejamos:

Os roteiristas formados pela escola Hollywood, para criar algo consumível, seguem a fórmula de pegar dois substantivos, ou substantivo + adjetivo, ou substantivo + verbo. E fazem isso há décadas. Quer tentar?

Como é trovão em inglês? Thunder, sim?

E gatos? Cats.

Thunder + Cats = THUNDERCATS.

Coincidência? Acha que estou sendo fanfarrão demais, sim? Vamos tentar de novo:

Como é fantasma em inglês? Ghost.

E caçadores? Hunters ou Busters. Bem, acho que Busters soa mais legal.

Ghost + Busters = GHOSTBUSTERS.

Como é brinquedo, em inglês? Toy.

E história? Story. Porque “history” é a história real, científica. “Story” é algo fictício.

Toy + Story = TOY STORY

Bem, acho que você já deve ter entendido. Caso tenha manjado o raciocínio ou não, preparei uma lista bem interessante de conteúdo midíatico da década de 1980 (e de algumas coisas atuais) para sustentar minha impressão. Os títulos estão na forma original, mas ofereci a versão batizada aqui. É por isso que muita gente odeia traduções. Os nomes perdem o efeito catafórico. Olha só:

Cinema:

LadyHawke (aqui batizado como “O Feitiço de Áquila”)
Karate Kid
Dragonslayer (aqui chamado de “O Dragão e o Feiticeiro”)
Ghostbusters
Flashdance
Top Gun 
Blade Runner
Star Wars
Breakfast Club (aqui chamado de “Clube dos Cinco”)
Blues Brothers (aqui chamado de “Os irmãos caras de pau”)
Mad Max
Blue Thunder (o nosso saudoso “Trovão Azul”)
Scarface
Firestarter (“Chamas da Vingança”)
Streets of Fire (“Ruas de Fogo”)
American Ninja
Death Wish (“Desejo de Matar”)
Invasion U.S.A.
Lethal Weapon (“Máquina Mortífera”)
RoboCop
Bloodsport (aqui batizado como “O Grande Dragão Branco”)
Die Hard (“Duro de Matar”)
Red Scorpion (“Escorpião Vermelho”)
Black Rain (“Chuva Negra”)
Bloodfist (“Punhos Sangrentos”)
Road House (“Matador de Aluguel“)
Starman (“O Homem das Estrelas“)

Séries:

Knight Rider (a famosa série “Super Máquina”)
Airwolf (“Águia de Fogo”… de onde vem esse fogo? Do armamento? E o “wolf”?)
Automan
Manimal
StreetHawk (“Moto Laser”)
Miami Vice
Quantum Leap (aqui chamado de “Contra Tempos”)
Fantasy Island (“Ilha da Fantasia”)
Amazing Stories (“Histórias Maravilhosas”)

Desenhos Animados:

Mighty Mouse (“Super Mouse”)
Jonny Quest
DangerMouse
Inspector Gadget (nosso “Inspetor Bugiganga”)
ThunderCats (graças a Deus nunca cometeram o atrevimento de traduzir!)
Bravestarr
Turbo Teen (aqui batizado estranhamente como “Turboman”)
SilverHawks
Galaxy Rangers
Sky Commanders (“Comandos do Céu”)
Bionic Six (“Os Seis Biônicos”)
Spiral Zone (“Zona de Ataque”)
Blackstar
DuckTales

Videogames:

Blaster Master (NES)
Double Dragon (NES e outros)
Final Fantasy (NES)
Kid Icarus (NES)
Mega Man (NES)
Battletoads (NES)
Ninja Gaiden (NES)
StarTropics (NES)
Donkey Kong (NES)
Dragon Quest/Dragon Warrior (NES)
Wonder Boy (Arcade, Master System)
Fantasy Zone (Master System)
Psycho Fox (Master System)
After Burner (Arcade, Master System e Mega Drive)
Golden Axe (Arcade, Master System e Mega Drive)
Astro Warrior (Master System)
Out Run (Arcade, Master System e Mega Drive)
Altered Beast (Arcade, Master System e Mega Drive)
Space Harrier, Enduro Racer, Penguin Land, Aztec Adventure, Captain Silver, Cyborg Hunter… (Master System e Arcades)
Top Gear, Super Metroid, Star Fox, EarhBound, Super Bomberman, Chrono Trigger, Demon’s Crest, PilotWings, ActRaiser, Killer Instinct (Super NES)

Mangás:

AstroBoy
Blue Exorcist
Cowboy Bebop
Don Dracula
Dragon Ball
Fairy Tail
Slam Dunk
Lobo Solitário
Death Note
One Piece
(…)

Personagens das HQs:

AntMan
Black Panther
Black Widow
Captain America
Captain Marvel
Green Lantern
Hawkeye
Dr. Doom
Dr. Strange
Iron Man
SuperMan

Batman
Batgirl
Batwoman
Beast Boy

Black Canary
Black Manta
Doomsday
Firestorm
Plastic Man
Spider-Man
Fantastic Four
Wonder Woman
(…)

Personagens Icônicos:

Indiana Jones
James Bond
Hannibal Lecter
Vito Corleone
HAL 9000
Darth Vader
Han Solo
Luke Skywalker
Harry Callahan
Rocky Balboa
Emmet Brown
Marty McFly
Sarah Connor
Buzz Lightyear
(…)

E nem vou incluir nomes de bandas, grupos musicais ou canções.

Acho que é o bastante. Fique à vontade para discordar, continuar a lista ou comentar.

Sobre Rodrigo Bazílio

Apenas um professor de Língua Portuguesa e Literatura do Ensino Médio, com o hábito quase vicioso de aliviar o estresse com jogos eletrônicos, música, leitura, RPGs e com a arte de pintar miniaturas. Ver todos os artigos de Rodrigo Bazílio

Uma resposta para “Como criar uma ficção/personagem/cenário usando o método Hollywood

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Mares de Araterre

Blog sobre GURPS, o melhor sistema de RPG

Meta Galaxia

Vídeo games, cinema, eSports, HQ, mangás e Séries

entre conversas e flores

o que é a vida senão um conjunto de pequenas histórias?

The Collaborative Gamer

Musings on GURPS - GM Aids - Tools for Collaborative, GM-less Roleplaying - Etc

Amor e um pouco mais

Esse é um pedaço do meu mundinho que abro a todos que quiserem compartilhar experiências, visões de vida, felicidades e tristezas, amores e amizades, enfim, tudo aquilo que o coração mandar falar. Aqui você vai encontrar amor e um pouco mais ♡

Electronic Maze

Venha se perder nesse labirinto e encontre a arte em você

Batman Guide

Guia de leitura para entender o Homem-Morcego!

Covil GURPS

O refúgio da 3ª edição!

Pergaminhos ETC

Fábulas, contos, histórias fantásticas

The Truth's For Sale

RPG, Literatura (de segunda) e Escapismo

Oblivion RolePlaying Group

Grupo de RPG Ribeirão Pretano (Storyteller, d20)

4cantosdomundo

Fatos e fotos de um casal apaixonado por viagens

Deu Branco!

Um pouco de tudo... De tudo um pouco... Embarque logo pois o Gerador de Improbabilidades Infinitas já foi acionado!

Cooltural

Literatura, cinema e afins!

ZUADA!

Muita Nerdice por Nada

palavrasonolenta

Palavras escritas enquanto o sono não vem ou em decorrência dele.

Além dos muros

Língua Portuguesa

Xanafalgue

Videogames to rule the world

%d blogueiros gostam disto: