Arquivo da tag: quadrinhos

Como criar uma ficção/personagem/cenário usando o método Hollywood

A partir da reflexão sobre o seguinte Tweet, escrito pelo Marcelo Naranjo, resolvi publicar esta impressão despretensiosa em forma de guia maroto.

Parafraseando o Marcelo: “imagina um roteiro aleatório!”.

Ele se referia à série Warrior Nun, novidade da Netflix, indagando sobre como os roteiristas e criadores em geral de ficção “criavam” suas invencionices para nós, consumidores ávidos por… bem, digamos que não por originalidades, mesmo porque isso é algo questionável, mas por ideias bem-boladas. Ainda que sejam de gosto duvidoso. Continue lendo


Mai, a garota sensitiva (CBR)

maiQuem foi adolescente no começo da década de 1990 testemunhou a chegada dos mangás nas bancas de jornal. A incursão dos quadrinhos japoneses começou com o Lobo Solitário da Cedibra, em 1988, seguido anos depois por Freeman e a garota de nosso artigo de hoje: Mai, a garota sensitiva.

O mangá, escrito por Kazuya Kudo e desenhado por Ryoichi Ikegami, foi publicado aqui pela editora Abril Jovem em uma minissérie de 8 volumes, e contava a história dramática da jovem Mai Kuju, uma estudante de 14 anos detentora de poderes psíquicos. A história é repleta de reviravoltas, tensão e sempre me chamou a atenção por ter como protagonista uma garota colegial perseguida por ter um poder de matar qualquer um com sua telecinese, apesar de incapaz disso.

Caso queira conhecer a obra ou relembrá-la, aí vai a série completa:

Baixar Mai a garota sensitiva (CBR)


Sagas da Marvel em formato CBR/CBZ

0000000-secret-wars-heroes-600x400-imagem-destacada

Encontrei um tesouro de valor cósmico: um endereço do Google Drive contendo diversas sagas da Marvel (antigas e atuais), em formato CBR/CBZ! 
(para quem não sabe o que é o formato cbr, clique aqui para Android e aqui para Windows)
O formato CBR (ou CBZ) é muito útil para ler histórias em quadrinhos em quaisquer aparelhos: computador, notebook e até nos celulares e tablets é bem confortável visualizar.
As pastas do Google Drive que encontrei oferecem todas as Sagas importantes que abalaram o universo Marvel, de 1963 em diante, incluindo os arcos A Guerra Kree-Skrull, Torneio dos Campeões, Guerras Secretas I e II, A Guerra das Armaduras do Homem de Ferro, a Saga de Thanos, Atos de Vingança, a Era do Apocalipse e outras. Os gibis foram todos “escaneados” dos formatinhos da editora Abril, e algumas edições foram traduzidas diretamente das versões originais em inglês. Há, inclusive, algumas edições que não foram publicadas no Brasil, na época. 
Para vasculhar as HQs, clique:

Sagas da Marvel no Google Drive

 

 

 


Tirinha de hoje

8164943841_3495dca1ab_oGostou, também? Mais trabalhos da autora da tirinha acima podem ser visualizados aqui: http://samantafloor.blogspot.com.br/ e aqui: http://migre.me/etuio

 


Marvel Directory

Você já sentiu vontade de saber mais detalhes sobre a vida de algum super-herói? Já pensou em conhecer os pormenores da formação de um super grupo, como os X-Men ou Vingadores, ou de uma entidade cósmica, como Galactus? Pois então, eis uma sugestão de fonte que pode lhe servir.

Marvel Directory é um portal que indexa uma tonelada de informações sobre o histórico de centenas de personages da editora Marvel, incluindo equipes, organizações secretas, seres galáticos, raças demoníacas, dimensões… isto é, praticamente todos os aspectos do universo da mais famosa editora de HQs do planeta. Continue lendo


Vilão da Semana – Capitão Feio

capitao_feioDesta vez, um super meliante dos quadrinhos foi agraciado com o devido destaque.

O antagonista em questão é personagem das HQs da Turma da Mônica, o nojento, imundo e fedido Capitão Feio. Segundo consta, ele surgiu nas páginas dos quadrinhos de Maurício de Sousa no começo da década de 1970, e, até onde se sabe, o sujeito é tio do moleque mais sujo da turma – o famoso Cascão. Continue lendo


Tirinha de Hoje

Ainda não conhece o trabalho desses caras? Que pena, eles pararam de produzir essas tirinhas… Porém, você encontra mais aqui: http://tirinhasdozodiaco.blogspot.com.br/ (e pode aproveitar para comprar o livrinho que eles lançaram!)


Tirinha de hoje

8528548532_561f9e484d_oGostou? Tem mais aqui: http://10paezinhos.blog.uol.com.br/tiras/

 


Moore on Writing

Este artigo é coisa de sebo – tempos atrás, quando o J.M. Trevisan tinha um site no extinto HPG, ele publicou uma tradução que alguém fez (Fernando Aoki) de um artigo do genial Alan Moore. Moore on Writing é nada mais que uma muito coerente e inteligente dissertação acerca do ato de escrever – seja para quadrinhos, literatura ou cinema. Ou seja, um artigo de extrema importância aos que trabalham com a habilidade de escrita. Uma aula de valor atemporal. Confira:

Moore On Writing

A maior dificuldade de escrever sobre qualquer atividade criativa, desde escrever sobre ela mesma até escrever sobre automobile-devouring (devorar automóveis) é que, na maioria das vezes, os artigos ou entrevistas que surgem parecem ser incapazes de se estenderem além de informações técnicas óbvias e listas de instrumentos recomendados. Eu não quero recair nessa mesma linha, dizendo qual máquina de escrever eu uso, ou qual tipo de papel carbono eu acho melhor, já que esta informação não fará a menor diferença na qualidade do que você escreve. Do mesmo modo, eu não acho que uma análise pormenorizada do meu processo de trabalho seja muito útil, já que eu imagino que ele varia drasticamente de história para história, e todo escritor tende a desenvolver sua própria abordagem em resposta a suas próprias circunstâncias.

Além disso, eu não quero produzir nada que lembre, nem remotamente, algo do tipo “How to Write Comics – The Alan Moore Way” (Como Escrever Histórias em Quadrinhos segundo Alan Moore). Ensinar gerações de novos artistas e escritores a copiar a geração que os precedeu foi uma idéia estúpida, da época em que a Marvel lançou seu livro “How to Draw Comics – The Marvel Way” (Como Desenhar Histórias em Quadrinhos segundo a Editora Marvel Comics) e seria igualmente irresponsável da minha parte instruir escritores emergentes ou já consolidados sobre como escrever títulos doentios e extravagantes do tipo “Dawn transformed the sky into an abattoir” (“o alvorecer transformou o céu num abatedouro”) ou qualquer coisa do gênero. John Buscema (autor do acima citado livro da editora) é um bom artista, mas a indústria não precisa de cinqüenta pessoas desenhando como ele, e menos ainda de outros cinqüenta escrevendo como eu (nota do tradutor: do jeito que anda a coisa aqui no Brasil até mesmo um livro “obsoleto” como esse seria muito bem vindo! – eu mesmo aprendi alguma coisa com ele.) Continue lendo


Blog Quartel do Reco

Em minhas andanças pelo Google na busca de material interessante para pesquisa, eis que encontro um blog notável por oferecer um acervo consideravelmente grande de Histórias em Quadrinhos escaneadas: o Quartel do Reco.
O blog do Reco é meio que um portfolio dos arquivos de um leitor de HQs  da velha guarda: nele você pode baixar títulos da época da EBAL, como Tarzan, e muita coisa da Disney publicada entre os anos 70-80.
Mas o que realmente pipocou minha atenção foi saber que o Quartel do Reco oferece, para o digno leitor, simplesmente TODOS os números da extinta e saudosa revista A Espada Selvagem de Conan, gibi que pontuou a leitura juvenil de muito jogador de RPG: veja o link.


A maioria das HQs está em formato CBR, ou seja, você precisará do aplicativo CDisplay para visualizar.

Boa leitura!


Electronic Maze

Venha se perder nesse labirinto e encontre a arte em você

Batman Guide

Guia de leitura para entender o Homem-Morcego!

Covil GURPS

O refúgio da 3ª edição!

Pergaminhos ETC

Fábulas, contos, histórias fantásticas

The Truth's For Sale

RPG, Literatura (de segunda) e Escapismo

Oblivion RolePlaying Group

Grupo de RPG Ribeirão Pretano (Storyteller, d20)

4cantosdomundo

Fatos e fotos de um casal apaixonado por viagens

Deu Branco!

Um pouco de tudo... De tudo um pouco... Embarque logo pois o Gerador de Improbabilidades Infinitas já foi acionado!

Cooltural

Literatura, cinema e afins!

ZUADA!

Muita Nerdice por Nada

palavrasonolenta

Palavras escritas enquanto o sono não vem ou em decorrência dele.

Além dos muros

Língua Portuguesa

Xanafalgue

Videogames to rule the world

Mundos Colidem

RPGs, Boardgames, Cinema, Quadrinhos, Bobagens

Anime Portfolio

O ogro azul dos fãs de anime e mangá...

Deixe escapar a emoção

Fabiana Oliveira

CADÊ MEU WHISKEY?

Um blog pra quem curte boa música e outras coisas...

Webwritersbrasil's Blog

O WWB é um blog de pesquisas e estudos sobre Comunicação Escrita Multimídia, subdividido em três seções: Webwriting, Roteiros Multimídia, Literatura na Web.